Escolha uma Página

Qual é a sua motivação? Quais são os seus motivos para agir?

Percebe como isso é muito pessoal? Cada pessoa descobre seus próprios motivos de formas diferentes. E o que motiva alguns não necessariamente motiva a todos. Temos como um recente exemplo o case de Dan Price, empresário americano que reduziu seu próprio salário para aumentar os de seus colaboradores, entenda o caso. Após a euforia da boa nova, a empresa de Price teve um baque com o pedido de demissão de diversos funcionários, três meses depois do aumento de salário. Aumentando a remuneração de seus colaboradores, Price acreditou que os motivaria e a reação desses profissionais provou que dinheiro não é o motivo para ação de todas as pessoas.

Quando falamos em motivação, logo pensamos em animação, alegria, energia, e de fato são bons exemplos de como exteriorizamos nosso bem estar. Mas estar motivado vai muito além disso. Encontrar bons motivos para se levantar todos os dias depende muito mais dos seus sentimentos, de suas emoções, de seus pensamentos e do quanto você os reconhece, ou seja, depende muito de você se conhecer.

Você deve estar se perguntando:

  • como faço para me conhecer, verdadeiramente?
  • como encontro meus motivos?

Abaixo você encontrará 3 dicas que lhe ajudarão a perceber quais são os seus motivos:

  1. ESCREVA –  Escrever registra um momento, fotografa seus pensamentos e passa a valer como um contrato com o seu “eu”. Sugiro que você se prepare para esse contrato, separe um caderno bonito, compre uma boa caneta para que os momentos em que você parar para pensar em sua vida sejam prazerosos e emocionantes;
  2. FAÇA LISTAS – Comece com suas qualidades, depois seus defeitos (seja sincero), seus momentos inesquecíveis, suas viagens, amigos que não vê a tempo. Crie listas dos livros que leu e dos que deseja ler, dos lugares que conheceu e dos que deseja conhecer. A medida que você vai fazendo vai ficando mais fácil e parando para pensar para completar cada uma das listas, você vai lembrando de coisas que fazem e que fizeram a diferença para você;
  3. DESCUBRA SEUS VALORES – Como anda a sua vida? Como é a sua rotina? Trabalha? Estuda? Trabalha e estuda? Cuida da casa? Cuida dos filhos? Viaja muito? Corre bastante? Seus valores estão ligados ao complemento da seguinte frase: TUDO ISSO SÓ VAI VALER A PENA SE…

Fique atento as suas ideias e não tenha pressa. Tenha foco e carinho com você. Auto conhecimento é uma construção que se modifica e consolida no dia-a-dia.

 

Um forte abraço, até nosso próximo encontro e sempre muito sucesso!

Dario Amorim